Adding life to years
Text size:

Batucação realiza demonstrações de instrumentos de percussão à Universidade da Terceira Idade

Batucação realiza demonstrações de instrumentos de percussão à Unati

Atividade foi realizada na manhã desta terça-feira (21), na Fadep

Um encontro de gerações. Assim pode ser definido o evento que integrou crianças e adolescentes do projeto Batucação, oferecido pelo Município de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, com os idosos da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati), na manhã desta terça-feira (21), no Auditório da Faculdade de Pato Branco (Fadep). A ação contribui para a consolidação de Pato Branco enquanto Cidade Amiga da Pessoa Idosa, título concedido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em virtude das atividades realizadas com a terceira idade.

Os participantes do projeto realizaram demonstrações de instrumentos de percussão aos idosos que, posteriormente, colocaram em prática os conhecimentos adquiridos. Eles aprenderam sobre o agogô, chocalho, cuíca, tamborim, entre outros instrumentos.

Para Fiorinda Matilde Gabiatti, 85 anos, participar da atividade é ter a oportunidade de aprender muitas coisas diferentes. “É um momento especial e eu gosto muito de estar aqui. Posso fazer o que nunca fiz, além de ver como essas crianças estão felizes em estar com a gente”, ressalta.

Antônia Mello Godinho, 59 anos, enfatiza que a ação permite que interaja com diferentes tipos de pessoas. “A Unati é tudo de boa. Aprendemos muito. Chegamos tímidos e saímos com um monte de novos aprendizados”, salienta ela.

Transmitir o que aprendeu é o que mais deixa contente Leydion Michael dos Santos, 17 anos. Ele conta que fazer amizades e deixar o dia de alguém mais feliz é gratificante.  Vanessa do Amaral Inácio, 11 anos, compartilha da mesma opinião. “É muito legal e motivo de alegria poder contribuir com o aprendizado de outras pessoas”, enfatiza.

Convivência intergeracional

A Unati é mantida pela Prefeitura de Pato Branco e pela Fadep, desde 2001. O objetivo é realizar diferentes atividades para promover a educação continuada dos idosos. Atualmente, cerca de 150 pessoas integram o programa e participam de atividades semanalmente.

Já o Batucação é um projeto do Município, ofertado para crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos, de famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que aprendem a tocar instrumentos de percussão e realizam apresentações em eventos.

A coordenadora da Unati, Tânia Raber Bertelli, conta que a integração com a Batucação já rendeu ótimos frutos. “Promover essa relação intergeracional estimula a aprendizagem dos idosos e fortalece o conhecimento que já possuem, além de trazer as crianças e adolescentes para a Instituição de Ensino Superior e contribuir para as perspectivas de futuro”, destaca.

Para o coordenador do Batucação, Cleverson André Webber Constantino, o Mau Mau, além de o projeto gerar conhecimentos aos jovens, que aprendem sobre os instrumentos de percussão, ele também colabora para a inclusão dos mesmos na sociedade.